Exército dos EUA liberta 350 presos iraquianos

Conselho iraquiano-americano determinou a libertação dos homens depois de ter analisado seus processos As forças americanas no Iraque liberaram 350 presos iraquianos que estavam detidos em prisões controladas pelo Exército dos EUA, segundo comunicado divulgado neste domingo. A nota do comando americano detalha que os presos foram libertados neste sábado, depois que o Conselho iraquiano-americano, responsável pela revisão dos processos dos iraquianos detidos, ter analisado seus casos e recomendado a liberdade dos mesmos. O conselho conjunto foi criado em agosto de 2004 e é composto por funcionários do Ministério de Direitos Humanos, Justiça e Interior e das forças multinacionais postadas no Iraque desde março de 2003. Segundo o comunicado, os membros do órgão voltaram a estudar cerca de 30 mil casos e recomendaram a libertação de mais de 15 mil detidos.

Agencia Estado,

19 Março 2006 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.