Exército dos EUA mata doze supostos insurgentes no Iraque

Soldados do Exército dos Estados Unidos mataram hoje doze supostos rebeldes na cidade de Ramadi, a oeste de Bagdá, enquanto estavam preparando bombas para cometer atentados, informou um comunicado militar."Foi usado armamento de alta precisão para acabar com os insurgentes e para desarticular seus planos", afirma um comunicado do comando militar, que não dá detalhes sobre o ocorrido. A nota menciona que um veículo foi destruído.Ramadi é a capital da província de Al-Anbar, onde se concentram a maior parte da insurgência árabe sunita que luta contra o governo de Bagdá e a presença de tropas estrangeiras no país. As bombas colocadas por estes grupos são a principal causa das baixas entre os efetivos do Exército americano no Iraque. Mais de 2.800 soldados do Exército dos EUA morreram no Iraque desde o inícioda invasão, em março de 2003, e na posterior ocupação do país.Na semana passada, dezenas de rebeldes fizeram uma demonstração de força em Ramadi ao desfilar por suas ruas armados sem que os corpos de segurança interviessem.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2006 | 11h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.