Exército dos EUA troca boinas que pareciam 'meias molhadas' por bonés

Peça era considerada pouco prática por soldados nos campos de batalha.

BBC Brasil, BBC

14 de junho de 2011 | 19h33

O Exército americano está aposentando as boinas negras de lã usadas por seus soldados por bonés, após muitos militares terem reclamado da falta de praticidade da peça.

O porta-voz militar americano Tom Collins afirmou à agência France Presse que a boina "não tem visor, não protege do sol e nem absorve bem o suor".

Recentemente, o oficial aspirante Mark Vino disse ao jornal Army Times, veículo do Exército dos EUA, que odiava "usar uma meia molhada na cabeça".

Mais de um milhão de soldados americanos vão trocar as boinas por bonés.

Distinção

Além de mais práticos, os bonés devem custar menos da metade do atual custo das boinas.

As boinas foram introduzidas no ano 2000, como forma de levantar a moral dos soldados.

Mas unidades que até então eram distinguidas pelo uso de boinas se ressentiram de ver a peça sendo usada por todo o Exército americano.

Unidades que as usavam como forma de distinção não vão ser afetadas.

Os demais soldados do Exército americano vão continuar usando as boinas em ocasiões mais formais.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.