Exército egípcio agirá se manifestantes recusarem novo plano--TV

O Exército do Egito agirá se os manifestantes recusarem um plano para transferir o poder do presidente Hosni Mubarak, há 30 anos no poder, para o vice-presidente Omar Suleiman, afirmou a rede de televisão Al Arabiya, citando fontes.

REUTERS

10 de fevereiro de 2011 | 16h55

As fontes não deram mais detalhes.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOEXERCITOAGIR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.