Exército enfrenta guerrilha no norte do Sri Lanka

O Exército cingalês lançou nesta quarta-feira uma forte ofensiva contra o grupo guerrilheiro Tigres para a Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) no norte do Sri Lanka, segundo fontes militares. A operação começou após a confirmação de conversas de paz entre o LTTE e o Governo cingalês dia 28, em Genebra.Segundo informações da rede de rádio "Sun FM", o porta-voz militar Prasad Samarasinghe afirmou que os ataques na península de Jaffna se devem à necessidade de acabar com as ameaças da guerrilha tâmil ao Exército.A guerrilha denunciou que "desde às 6h (21h30 de terça-feira, em Brasília) o Exército do Sri Lanka tenta entrar na área sob controle do LTTE na divisa entre Muhamalai, Kilali e Nagarkovil".Na terça-feira, o LTTE anunciou em comunicado sua disposição de chegar a um acordo com o Governo cingalês para uma paz duradoura, mas disse que tudo depende da atitude do Exército.O chefe da facção política do LTTE, S.P. Thamilchelvam, declarou que os tâmeis estão "prontos para empreender as conversas". "Mas se as agressões militares continuarem, seremos obrigados a reconsiderar nossa decisão", ressaltou.Em setembro, 114 civis morreram e 29 desapareceram devido ao conflito na ilha. Outras 52 pessoas foram seqüestradas ou detidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.