Exército filipino mata guerrilheiro num combate em Samar

Pelo menos um membro da guerrilha comunista do Novo Exército do Povo (NEP) morreu após um confronto armado com o exército na ilha de Samar, no sudeste das Filipinas, informaram nesta sexta-feira fontes militares.O combate aconteceu na quinta-feira, nas imediações da cidade de Basey. Uma patrulha localizou um grupo de guerrilheiros e abriu fogo. Os insurgentes conseguiram fugir e no local foi encontrada uma espingarda calibre 22, além de duas granadas caseiras e documentação interna.Na quinta-feira, 20 membros do NEP queimaram uma das instalações da empresa de telefonia celular Globe, na ilha de Mindanao. O diretor da polícia regional, o superintendente Andrés Caro, declarou que o NEP tem atacado a companhia porque ela se nega a pagar o "impostorevolucionário" exigido pela guerrilha.O NEP, braço armado do Partido Comunista das Filipinas, foicriado há quase 40 anos para derrubar o "estado semifeudal e semicolonial" que, na sua opinião, domina o arquipélago.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.