Exército informa a morte de quatro militares no Haiti

O Comando do Exército anunciou na manhã de hoje a morte de quatro militares no terremoto ocorrido ontem na cidade de Porto Príncipe, no Haiti: o primeiro-tenente Bruno Ribeiro Mário, o segundo-sargento Davi Ramos de Lima, o soldado Antonio José Anacleto e o soldado Tiago Detimermani. Todos são do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena, interior de São Paulo. De acordo com o Exército, esses militares estavam fora da base de apoio, no momento do tremor.

LEANDRO COLON, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 09h48

Outros cinco integrantes da tropa brasileira estão feridos, com fraturas e escoriações: o tenente-coronel Alexandre José dos Santos, o capitão Renan Rodrigues de Oliveira, o terceiro-sargento, Danilo do Nascimento de Oliveira, o cabo Eugênio Pesaresi Neto e o soldado Wellington Soares Magalhães.

Em nota, o Comando do Exército informa que foram comprometidos os sistemas de telefonia fixa e celular na região, o que vem "dificultando" o repasse das informações. Além disso, os deslocamentos motorizados estão praticamente "inviabilizados" por causa da grande quantidade de escombros nas ruas de Porto Príncipe, além da falta de energia elétrica e de iluminação pública.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.