Exército israelense diz ter matado líder de destaque do Hezbollah

Tropas israelenses mataram um líder de destaque do Hezbollah antes da entrada em vigor do cessar-fogo na segunda-feira, informaram nesta terça-feira fontes militares de Israel.A vítima em questão é Sajed Dawayer, chefe das forças especiais da milícia libanesa, disse o porta-voz do Exército israelense.O Exército não deu mais detalhes das circunstâncias da morte do líder do grupo, mas disse que a ação ocorreu pouco antes do começo da trégua estabelecida por meio da resolução 1.701 do Conselho de Segurança da ONU.Um oficial de alta patente do Exército israelense já tinha declarado nesta terça-feira que o Exército havia matado nas últimas operações o número dois do grupo fundamentalista, encarregado de dirigir os milicianos no sul do Líbano.O porta-voz do Exército israelense não soube dizer se o dirigente do Hezbollah do qual se falou ontem é Sajed Dawayer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.