Exército israelense evita atentado suicida

O Exército israelense conseguiu evitar um atentado suicida próximo de Nablus, na Cisjordânia, informaram fontes oficiais. Segundo um porta-voz militar, soldados de um posto de controle detiveram um táxi, depois que seu motorista tentou evitar o procedimento de checagem. Os soldados lançaram alguns disparos de advertência para o ar e viram que um dos passageiros jogava fora do táxi uma bolsa, dentro da qual havia um cinturão com explosivos. As duas pessoas a bordo do táxi, que eram membros da organização palestina Al-Fatah, foram presas.

Agencia Estado,

22 de julho de 2004 | 14h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.