Exército israelense mata adolescente palestino na Cisjordânia

Um adolescente palestino foi morto na manhã desta sexta-feira pelo exército israelense em Naplusa, norte da Cisjordânia, informaram fontes de segurança palestinas. Ibrahim Samakra, 16 anos, foi morto, e seu irmão, Ahmad Samakra, importante chefe local das Brigadas de Al Aqsa, vinculadas ao Fatah, ficou gravemente ferido quando os soldados israelenses abriram fogo contra eles no acampamento de refugiados de Ballata, afirmaram. Uma porta-voz do exército israelense respondeu que "os soldados dispararam contra os palestinos que preparavam um veículo com explosivos, matando a um e ferindo ao segundo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.