Exército mata 55 rebeldes tigres tâmeis

Pelo menos 55 militantes da guerrilha Tigres de Libertação do Tâmil Eelam (LTTE) foram mortos desde quinta-feira no norte do Sri Lanka. Segundo o Ministério da Defesa, o norte do país está sendo palco de confrontos diários entre o Exército e os rebeldes. O Exército e os tigres tâmeis romperam em janeiro o acordo de cessar-fogo assinado em 2002. Desde sábado, cerca de 50 civis foram mortos em atentados atribuídos ao grupo separatista. Os tigres tâmeis iniciaram sua luta pela independência do norte e nordeste do Sri Lanka há três décadas, deixando entre 60 mil e 70 mil mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.