Exército mata número 2 da Al-Qaeda na região

O governo do Iêmen informou ontem que o Exército do país matou o saudita Said al-Shehri, considerado o segundo na linha de comando da Al-Qaeda na Península Arábica. Shehri, ex-prisioneiro da Baía de Guantánamo, foi morto em uma operação em Hadramout, na última quarta-feira, junto com outros seis militantes da organização terrorista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.