Exército mata pelo menos 20 rebeldes no Paquistão

Região tribal do Warziristão é considerada o reduto do taleban e outros grupos extremistas

Efe

10 de julho de 2010 | 08h59

ISLAMABAD - Pelo menos 20 insurgentes morreram durante as últimas 24 horas em combates com as forças de segurança paquistaneses em uma região tribal fronteiriça com o Afeganistão, informou neste sábado, 10, uma fonte militar.

 

Os enfrentamentos ocorreram na demarcação do Waziristão do Sul, onde o Exército respondeu na sexta-feira à noite a um ataque insurgente lançado contra um posto de controle e matou 20 fundamentalistas, enquanto seis soldados ficaram feridos, segundo a fonte, citada pela fonte paquistanesa.

 

As forças de segurança lançaram recentemente uma operação em grande escala nesta região, que era considerada o reduto máximo da insurgência taleban do país e refúgio de membros da Al-Qaeda e outros grupos extremistas.

 

O comando paquistanês assegurou nos últimos tempos que a zona foi "limpada" de fundamentalistas, mas os fatos violentos continuam acontecendo.

 

Cerca de 300 mil civis estão deslocados de seus lares por este conflito há meses, segundo dados da ONU.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.