Exército nigeriano mata 30 supostos membros de seita

Soldados nigerianos mataram neste domingo cerca de 30 supostos membros da seita islâmica Boko Haram, em um confronto no Estado de Yobe, no nordeste do país, segundo um porta-voz do exército.

AE, Agência Estado

07 de outubro de 2012 | 16h37

"Cerca de 30 supostos terroristas da Boko Haram foram mortos na batalha, que durou várias horas. Na batalha, o notório Bakaka, comandante de campo da Boko Haram em Damaturu e pessoa próxima a Abubakar Shekau (o líder do grupo), foi morto", disse o porta-voz, Eli Lazarus, em comunicado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ataqueconfrontoNigériaterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.