Exército nigeriano prende extremista em casa de senador

O exército da Nigéria prendeu um membro do grupo islâmico Boko Haram na casa de um importante senador. Shuaibu Muhammed Bama foi encontrado "na casa de um senador", em Maiduguri, na quinta-feira à noite, disse um porta-voz do exército.

Agência Estado

20 de outubro de 2012 | 20h17

Bama foi descrito com o comandante que organizou o ataque ao sul de Maiduguri.

No comunicado não há referência ao nome do senador. Mas o único senador que tem casa na área é o senador Ahmed Zanna, membro do Partido Democrático, na Assembleia Nacional. O senador não foi encontrado para comentar neste sábado.

Os rumores indicavam que o Boko Haram recebia apoio de políticos na Nigéria. Este não é o primeiro senador acusado de ter ligações com o grupo islâmico. O senador Mohammed Ali Ndume está preso e responde a acusações de envolvimento com o grupo. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.