Exército paquistanês diz ter matado até 200 insurgentes

Militares do Paquistão afirmaram hoje ter matado entre 180 e 200 insurgentes nas últimas 24 horas como parte de uma ofensiva para expulsar o grupo militante Taleban do Vale do Swat, no noroeste do país. O exército paquistanês vem bombardeando o vale e outras áreas nas redondezas desde o final do mês passado, depois que combatentes do Taleban avançaram e se posicionaram a apenas 100 quilômetros de Islamabad, capital do Paquistão.

AE-AP, Agencia Estado

10 de maio de 2009 | 15h15

O avanço do Taleban ocorreu apesar de um acordo de paz assinado em fevereiro. Em comunicado divulgado hoje, o Exército paquistanês informou que entre 50 e 60 militantes foram mortos em Swat. Os corpos de outros 140 insurgentes foram encontrados no distrito vizinho de Shangla.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.