Exército sírio avança e refugiados fogem para a Turquia

Tanques e atiradores entram em aldeia com acampamentos na fronteira entre os dois países.

BBC Brasil, BBC

23 de junho de 2011 | 08h54

Centenas de refugiados sírios estão tentando fugir para a fronteira da Siria com a Turquia e escapar de um ataque de tropas sírias, segundo testemunhas na região.

Atiradores profissionais e tanques entraram no vilarejo de Khirbet al-Jouz, perto do local onde estão montadas tendas de campos de refugiados improvisados.

Centenas de pessoas passaram por uma cerca de arame farpado para entrar no território turco.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados estima que de 500 a 1500 pessoas têm fugido diariamente da Síria pela fronteira com a Turquia.

Acredita-se que mais de 1.300 pessoas já foram mortas desde que teve início, há três meses, a rebelião popular contra o governo do presidente Bashar al Assad.

A elite governante no país é formada majoritariamente por muçulmanos xiitas, ao passo que a maior parte da população do país é muçulmana sunita.

Os protestos têm sido realizados em áreas predominantemente habitadas por muçulmanos sunitas.

As tensões na fronteira síria e turca vem provocando uma cisão entre os governos da Síria e da Turquia.

Tradicional aliada da Síria, a Turquia tem feito fortes críticas à violenta repressão contra oposicionistas lançada pelo regime de Assad.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
síriarefugiadosturquiafronteira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.