AFP PHOTO / HO / TALBISSEH YOUTUBE CHANNEL
AFP PHOTO / HO / TALBISSEH YOUTUBE CHANNEL

Exército sírio lança ataque contra reduto rebelde em Homs com ajuda da Rússia

Depois de bombardeios dos caças de Moscou, soldados de Bashar Assad tentam retomar cidade de Talbisseh, um dos bastiões dos rebeldes na Província de Homs, no centro do país

O Estado de S. Paulo

15 Outubro 2015 | 09h57

DAMASCO - O exército da Síria lançou nesta quinta-feira, 15, um ataque contra a cidade de Talbisseh, um dos bastiões dos rebeldes no norte da província central de Homs, ajudado pela aviação da Rússia, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Desde o amanhecer, a força aérea da Rússia efetuou um total de 15 bombardeios nos arredores de Talbisseh e nas localidades de Tir Maleh e Garnata. Pelo menos dez pessoas morreram, entre elas seis combatentes da oposição, e várias ficaram feridas em Tir Maleh.

Além disso, ocorreram combates entre os efetivos governamentais sírios e os rebeldes no lado sul de Talbisseh, e nas imediações das localidades de Yualek e Khalediya, por onde as forças do regime de Bashar Assad estão tentando avançar.

Há uma semana, o exército anunciou o início de uma ofensiva em grande escala para acabar com os "terroristas" no país e "libertar" as cidades.

No início, as operações se concentraram nas províncias de Hama (centro) e Latakia (noroeste) e se estenderam aos redutos rebeldes da periferia de Damasco. Agora, é a vez do norte de Homs.

Desde 30 de setembro, a Rússia, aliada de Assad, realiza bombardeios na Síria em sua primeira intervenção militar direta no conflito no país árabe desde o seu início em 2011. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Síria Rússia Homs

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.