Exército turco mata rebeldes no Iraque

O Exército turco anunciou ontem ter disparado contra um grupo de 60 rebeldes separatistas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), no Iraque. O comunicado, que não deixa claro se as tropas entraram no Curdistão, afirmou que "vários" militantes foram mortos. Na sexta-feira, o premiê turco, Tayyip Erdogan, autorizou o Exército a realizar operações dentro do território iraquiano. Há décadas o PKK luta pela criação de um território curdo independente. A Turquia culpa o grupo pela morte de milhares de pessoas nos últimos anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.