Explosão atinge aeroporto de Moscou

Autoridades suspeitam de ataque suicida; 31 mortos foram confirmados.

BBC Brasil, BBC

24 de janeiro de 2011 | 16h03

Uma explosão no aeroporto internacional de Domodedovo, na região de Moscou, matou pelo menos 31 pessoas e feriu pelo menos outras cem nesta segunda-feira, segundo informou o Ministério da Saúde da Rússia.

Autoridades acreditam que a explosão, ocorrida às 16h40 locais (11h40 em Brasília), pode ter sido resultado de um atentado suicida na área de retirada de bagagens do aeroporto.

Uma equipe de investigadores foi enviada ao aeroporto para apurar o caso. O presidente russo, Dmitry Medvedev, convocou uma reunião de emergência com altas autoridades do país para analisar a situação.

Cinegrafista amador filmou imagens de destruição dentro do aeroporto

Segundo o correspondente da BBC em Moscou Steve Rosenberg, a polícia foi colocada em alto nível de alerta na capital russa e está procurando itens suspeitos no sistema de transporte público da cidade.

Domodedovo é o aeroporto mais movimentado que serve Moscou, sendo utilizado por muitos executivos e turistas. Ele está localizado a 42 km do centro da capital russa.

Segundo a agência russa RIA Novosti, muita fumaça podia ser vista no aeroporto após a explosão. Um forte cheiro de queimado também era notado. No serviço de microblogging Twitter, testemunhas afirmam que Domodedovo foi cenário de uma "carnificina".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.