Explosão atinge cidade síria de Alepo

Uma grande explosão foi registrada nas proximidades do escritório do partido governista Baath, na cidade de Alepo, na noite desta sexta-feira, informou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos. "Uma grande explosão foi ouvida perto da praça Al-Jabiri, que tinha como alvo o escritório do partido Baath party, segundo relatos iniciais", disse o grupo, sediado em Londres, em comunicado.

AE, Agência Estado

11 Maio 2012 | 18h58

Segundo Rami Abdel Rahman, diretor do grupo, ainda não havia relatos sobre mortos ou feridos por causa da explosão. Mas ele acrescentou que homens armados não identificados mataram a tiros um guarda do lado de fora do escritório do Baath. O guarda foi morto quando os atiradores passavam de carro num veículo, logo depois da explosão.

"A explosão foi forte, mas não sabemos qual foi sua origem", disse Abdel Rahman. "Só podemos confirmar uma morte, a do guarda do escritório do Baath."

Mohammed al-Halabi, ativista que estava na cidade no momento do ataque, disse que a explosão aconteceu perto de um parque que as forças do regime haviam esvaziado antes da explosão, que aconteceu por volta de 20h45 (horário local). Segundo ele, existe a possibilidade de a explosão ter sido causada por uma bomba de efeito moral.

A explosão aconteceu horas depois de forças leais ao presidente Bashar Assad ter aberto fogo contra manifestantes durante um protesto em Alepo, matando um civil, informou o Observatório. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Síria Alepo explosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.