Explosão atinge oleoduto e prejudica exportação do Iraque

Uma explosão atingiu um oleoduto em Kirkuk, ao norte do Iraque, interrompendo o fornecimento ao terminal turco de Ceyhan. O chefe da companhia iraquiana North Oil Co., Adel Kazaz, disse: "Qualquer explosão em qualquer um de nossos oleodutos poderá atingir o oleoduto que exporta nosso petróleo para o norte". Segundo ele, a explosão no oleoduto em Kirkuk foi provocada por sabotadores, que agiram ontem à noite. Esta manhã, segundo ele, o fogo ainda não havia sido controlado. Ele não soube informar quanto tempo será necessário para que os técnicos reparem o oleoduto. A notícia não causou pressão sobre os preços do petróleo nos mercados futuros nessa manhã, que encontram-se em movimento de ajuste da forte alta de ontem. Mas traders comentaram a notícia. Às 9h01 (de Brasília), o contrato do óleo cru negociado no pregão eletrônico da Nymex caía US$ 0,32 (0,77%) para US$ 41,40 o barril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.