Explosão atinge ônibus e mata ao menos 19 no Paquistão

Incedente pode ter sido causado por bomba ou defeito em cilindo de gás; dez ficam feridos

Efe

17 de janeiro de 2011 | 05h28

Incidente ocorreu em área tribal do Paquistão.

 

ISLAMABAD - Pelo menos 19 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta segunda-feira, 17, em uma explosão durante a passagem de um ônibus no distrito de Kohat, no noroeste do Paquistão, informou uma fonte policial.

 

O veículo de passageiros foi atingido pela explosão quando circulava pela estrada de Hangu, distrito que faz limite com Kohat, segundo a fonte policial, citada pelo canal de televisão Geo. Há versões divergentes sobre a origem da explosão, que pode ter sido resultado de uma bomba ou de um defeito em um cilindro de gás do ônibus.

 

Forças de segurança e equipes de resgate se dirigiram até o local do incidente, de onde os mortos e feridos foram transferidos para hospitais próximos.

 

A província noroeste de Khyber-Pakhtunkhwa, onde está localizada Kohat, e sobretudo as limítrofes áreas tribais, na fronteira com o Afeganistão, são territórios montanhosos onde o Estado tem pouca autoridade e onde facções do Taleban e membros da rede terrorista Al-Qaeda buscam abrigo.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoTalebanAl-Qaedaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.