Ahmed Fahmy/Reuters
Ahmed Fahmy/Reuters

Explosão atinge ônibus turístico e deixa feridos perto das Pirâmides de Gizé, no Egito

De acordo com fontes, maioria dos feridos é composta por turistas estrangeiros

Ahmed Mohamed Hassan, Haithem Ahmed e Mostafa Salem, Reuters

19 de maio de 2019 | 10h45

Uma explosão em um ônibus de turismo feriu ao menos 12 pessoas na manhã deste domingo, 19, perto das pirâmides de Gizé, no Egito. A informação foi dada por forças de segurança do país. 

A maioria dos feridos eram turistas estrangeiros, disseram as fontes. Uma fonte de segurança disse que eles incluíam cidadãos sul-africanos. Não houve relatos de mortes. Uma testemunha, Mohamed el-Mandouh, disse à Reuters que ouviu uma "explosão muito forte" enquanto estava no trânsito perto do local da explosão.

Imagens postadas nas mídias sociais mostravam um ônibus com algumas de suas janelas estilhaçadas ou quebradas, e escombros na estrada perto de um muro baixo com um buraco. Em dezembro, três turistas vietnamitas e um guia egípcio foram mortos e pelo menos outros 10 ficaram feridos quando uma bomba atingiu um ônibus de turismo a menos de 4 quilômetros das pirâmides de Gizé. 

 

Mais conteúdo sobre:
Egito [África]terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.