Explosão atinge prédio da polícia e mata 10 no Paquistão

Ao menos dez pessoas morreram hoje, no Paquistão, devido a uma forte explosão em um edifício da polícia no centro de Karachi, a maior cidade do país, de acordo com informações de autoridades. A agência de notícias France Presse relatou que pelo menos 25 pessoas ficaram feridas.

AE, Agência Estado

11 de novembro de 2010 | 14h54

O carro-bomba atingiu a sede do Departamento de Investigação de Crimes. O edifício fica em uma zona de alta segurança de Karachi, perto do fortificado consulado dos Estados Unidos, dois hotéis de luxo e prédios governamentais. Entre eles estão as residências do governador e do primeiro-ministro.

O Paquistão luta contra milicianos islâmicos ligados à rede extremista Al-Qaeda, que tentam desestabilizar o governo local, aliado dos Estados Unidos. Os insurgentes atacaram várias vezes alvos do governo, da polícia e de representações de países ocidentais nos últimos três anos. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.