Explosão atinge prédio próximo ao escritório de Arafat

Soldados israelenses provocaram uma explosão no prédio adjacente ao escritório do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, de acordo com assessores do líder palestino que estão dentro do complexo. Não havia ninguém no edifício quando ocorreu a explosão, disse Tawfik Tirani, chefe da inteligência palestina na Cisjordânia. Ele acusou Israel de querer destruir a parede entre a prisão e o escritório de Arafat para que eles possam entrar facilmente. O exército israelense disse que a explosão ocorrida dentro do complexo, e outra mais cedo, foram detonações controladas para explodir armas encontradas dentro do edifício. As informações são da Associated Press, citada pela Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.