Guarda Costeira/AFP
Guarda Costeira/AFP

Explosão causada por restos de fogos de artifício mata 9 pessoas na China

Primeiras investigações mostraram que os resíduos dos artefatos provocaram o incêndio

O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2018 | 07h29

PEQUIM - Nove pessoas morreram neste sábado, 17, e uma ficou ferida numa explosão causada por restos de fogos de artifício em um aterro sanitário na província de Cantão, no sul da China, informou a agência de notícias estatal "Xinhua".

O incêndio começou na madrugada nos arredores da cidade de Qingyuan, num ponto de coleta de lixo onde também viviam vários trabalhadores e suas famílias em estruturas improvisadas de madeira, afirmaram as autoridades locais.

As primeiras investigações afirmaram que os resíduos dos fogos de artifício provocaram o incêndio e, quando várias pessoas tentaram apagá-lo, aconteceu a explosão que deixou nove mortos e um ferido.

Na noite da última quinta-feira, durante a entrada do Ano Novo Lunar, outras quatro pessoas morreram por conta de outra explosão em um posto de fogos de artifício registrada na província de Yunnan.

Durante as celebrações do Ano Novo, é tradição na China disparar fogos de artifício e foguetes para afugentar os maus espíritos.

Desde o ano passado, 444 cidades chinesas proibiram os fogos de artifício, entre elas Pequim e Tianjin, numa tentativa de frear a poluição e também tentar conter os vários incêndios que deixam feridos por conta desses artefatos. /EFE

LEIA TAMBÉM: Ao menos trinta desaparecem na China devido à colisão de navios

Mais conteúdo sobre:
China [Ásia] Pequim [China] incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.