Explosão contra base dos EUA fere 3 no Afeganistão

Um suicida detonou nesta quinta-feira um caminhão-bomba próximo à entrada de uma base americana, bastante vigiada, no lado oriental do Afeganistão, ferindo 3 guardas, disse a polícia local. O taleban, que lidera uma insurreição no país há dez anos, reivindicou a autoria do ataque em Gardez, a capital oriental da província de Paktia, fronteira com o Paquistão.

Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 03h11

"Um homem-bomba tentou atacar a base com um caminhão carregado de explosivos, mas foi contido no primeiro portão da base por guardas afegãos. Diante disso, detonou a carga ali mesmo", disse o chefe de polícia da província de Paktia, Abdul Ghafar Sapai.

Ele acrescentou que a distância entre a primeira barreira e o portão principal é de aproximadamente 100 metros. Segundo o chefe, "boas medidas de segurança, que incluem blocos de concreto antiexplosões, pararam o agressor, evitando um número muito maior de baixas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoEUAexplosãocaminhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.