Explosão de barco do Sri Lanka deixa 6 mortos e 8 desaparecidos

Seis supostos rebeldes do grupo Tigres Tâmeis morreram neste sábado e oito marinheiros cingaleses estão desaparecidos por causa de uma explosão ocorrida em águas do oeste do Sri Lanka, informaram fontes militares. Segundo as Forças Armadas cingalesas, os tâmeis causaram a explosão do barco pesqueiro em que estavam, supostamente cheio de explosivos e armas, para evitar serem capturados por uma embarcação militar perto da localidade de Kalpitiya. Os seis ocupantes do barco de pesca morreram na hora, enquanto outros oito marinheiros estão desaparecidos. Onze militares foram resgatados logo após o ataque. A embarcação da Marinha foi danificada por causa da explosão, indicaram as fontes. Os rebeldes do grupo Tigres Tâmeis negaram a autoria da explosão. "Não tivemos envolvimento algum. Há muitas atividades ilegais acontecendo na área, incluindo imigração ilegal. O barco pode estar envolvido", disse o líder rebelde, Seevaratnam Puleedevan.

Agencia Estado,

25 Março 2006 | 14h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.