Explosão de bomba abandonada mata três crianças na Índia

Incidente ocorreu perto das instalações do Exército indiano, noroeste do país

Efe,

10 de março de 2010 | 03h12

Três crianças morreram em decorrência de uma explosão de uma bomba abandonada quando recolhiam metal para ferro-velho perto de instalações do Exército indiano no noroeste do país, informou nesta quarta-feira, 10, a polícia local.

 

"As crianças morreram na terça-feira, quando tentavam quebrar as capas de morteiros usados perto de um centro de tiro do Exército", disse uma fonte policial à agência indiana de notícias Ians.

 

O incidente ocorreu no distrito de Kangra, situado na região de Himachal e, segundo a Polícia, o centro de tiro é utilizado tanto pelo Exército quanto pelas Forças de Segurança Fronteiriça.

 

As vítimas, com idades entre dez e 12 anos, viviam na localidade de Kohala. Duas delas eram irmãs. A Polícia lançou uma operação de busca das crianças depois que seus pais informaram que elas não tinham voltado do colégio na terça-feira à tarde, e encontrou seus corpos em uma floresta junto ao campo de tiro.

Tudo o que sabemos sobre:
ExplosãobombacriançasÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.