Explosão de bomba atinge prédio de procurador na Itália

Uma bomba foi explodida na madrugada de hoje na cidade de Reggio Calábria (Itália) em frente ao edifício onde mora o procurador da cidade, Salvatore Di Landro, um magistrado que investiga as atividades criminosas da ''ndrangheta, a máfia calabresa.

AE-AP, Agência Estado

26 de agosto de 2010 | 17h43

A explosão destruiu vidraças e a porta do prédio, mas não deixou nenhuma pessoa ferida. Além de Di Landro e da sua esposa, outras quatro famílias vivem no prédio. Segundo as autoridades, a explosão foi aparentemente uma tentativa de intimidar o procurador. No mês passado, cerca de 300 supostos integrantes da ''ndrangheta foram detidos na Itália.

Embora a organização seja baseada em clãs na região sulista da Calábria, a ''ndrangheta ampliou suas redes na última década para o Norte da Itália, Alemanha, Espanha, Colômbia e México.

Tudo o que sabemos sobre:
bombaexplosãoprocuradorItáliamáfia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.