Explosão de bomba da 2ª Guerra Mundial mata 2 pessoas nas Filipinas

Homens jogavam com artefato em uma plantação quando acidente ocorreu

Efe

21 de julho de 2011 | 11h04

MANILA - Duas pessoas morreram e outra ficou ferida na explosão de uma bomba de 50 quilos da Segunda Guerra Mundial perto da cidade de Davao, ao sul das Filipinas, informou nesta quinta-feira, 21, a imprensa local.

 

A polícia identificou às vítimas mortas na quarta-feira como Diosdado Maglasang, e Ladislao Mayao, ambos de 49 anos, enquanto Pablito Mayormita, de 44 anos, ficou ferido.

 

"Eles estavam jogando com a bomba quando a mesma explodiu e matou um deles na hora. O outro morreu a caminho ao hospital. Tratava-se de um artefato da Segunda Guerra Mundial, provavelmente lançado a partir de uma aeronave", disse o agente Julieto de la Cruz, da delegacia de Buhangin.

 

O acidente ocorreu em uma plantação de bananas, local que serviu de campo de batalha nos confrontos entre as forças japonesas e americanas durante o conflito.

 

A polícia advertiu à população para ter cuidado com estes artefatos, numerosos em muitas regiões das Filipinas, até mesmo na capital, Manila, onde com frequência são encontradas exemplares enterrados na parte antiga.

 

As Filipinas serviram de cenário para algumas das batalhas mais sangrentas da Segunda Guerra Mundial na Ásia, especialmente em Manila, que foi a segunda cidade aliada mais danificada depois de Varsóvia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.