Explosão de bomba deixa 7 mortos na Índia

Antes localizado, artefato não foi desativado pela polícia

Efe,

21 de novembro de 2010 | 06h18

Pelo menos sete pessoas morreram e cinco mais ficaram gravemente feridas neste domingo, 21, na explosão de uma bomba na região indiana de Bihar (norte), segundo informou a polícia.

 

A bomba foi localizada e recuperada pelas forças da polícia no sábado, 20, durante a última fase das eleições regionais de Bihar, no povoado de Pachokhar, do distrito de Aurangabad, mas não foi desativada.

 

Ao saberem da descoberta da bomba, os aldeães se reuniram esta manhã para vê-la, mas a bomba explodiu nesse momento, afirmou um oficial de polícia à agência indiana Ians.

 

Segundo a fonte, a bomba tinha sido colocada pelos insurgentes maoístas da Índia, um movimento revolucionário que conta com uma ampla presença no norte, centro e leste do país.

 

"O número de vítimas poderia aumentar porque alguns dos feridos graves estão lutando por sua vida", disse à Ians o chefe da polícia de Bihar.

 

Após a explosão, um grupo de aldeães protestaram contra as forças da ordem por não ter desativado a bomba, enquanto o fato já foi condenado pelo chefe do governo regional, Nitish Kumar.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiabomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.