Explosão de bomba deixa quatro mortos na Argélia

Uma bomba explodiu hoje num mercado no oeste da Argélia, matando quatro pessoas e ferindo 16, informou a agência oficial de notícias argelina. A explosão na feira, que se realiza ao ar livre semanalmente, aconteceu às 8 horas da manhã (horário local) na cidade de Boukadir, a cerca de 220 quilômetros a oeste de Argel. O mercado estava cheio, segundo a agência de notícias APS. A cidade de Boukadir, na região Chlef, é uma área considerada fortaleza do Grupo Islâmico Radical (GIA). Assim como outros grupos rebeldes rivais, o GIA quer a instalação de um governo islâmico na Argélia. Eles rejeitaram o plano de reconciliação nacional do presidente argelino, Abedelaziz Bouteflika, que visa a por fim à longa guerra civil. A insurgência islâmica na Argélia dura uma década e já custou a vida de 120 mil pessoas. Os confrontos eclodiram em 1992, depois que o Exército anulou as eleições legislativas que deveriam ser vencidas por um partido fundamentalista islâmico.

Agencia Estado,

12 Dezembro 2002 | 12h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.