Explosão de bomba deixa um morto e 12 feridos na Tailândia

Um pessoa morreu, neste domingo, e outras doze ficaram feridas na explosão de uma bomba no sul da Tailândia, região que teve pelo menos 1.700 vítimas fatais desde que o movimento separatista muçulmano retomou a luta armada, em 2004.Fontes da Polícia indicaram à imprensa tailandesa que a vítima fatal é um soldado e que a bomba foi detonada através de um telefone celular. Os feridos são cinco monges budistas, quatro soldados e três civis.A bomba, de fabricação caseira, estava escondida em uma lata de lixo no exterior de uma loja de produtos eletrônicos, em Narathiwat.Na sexta-feira passada, seis pessoas morreram e 13 ficaram feridas, todas elas civis, após a explosão de uma bomba no interior de uma cafeteria na província de Songhkla.Songhkla faz parte da conflituosa região muçulmana do sul da Tailândia e é uma das quatro províncias, junto a Pattani, Yala e Narathiwat, que formaram o antigo Sultanato de Pattani.O Governo que dirige a Tailândia desde o golpe de Estado militar de 19 de setembro expressou sua disposição de dialogar com o movimento separatista islâmico do sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.