Explosão de bomba deixado 13 feridos na Tailândia

Insurgentes muçulmanos suspeitos instalaram uma bomba caseira numa lata de lixo

Agência Estado,

20 Abril 2008 | 05h41

Uma bomba explodiu, neste domingo, 20, perto de um movimentado mercado no sul da Tailândia, ferindo 13 pessoas, de acordo com a polícia local.   Insurgentes muçulmanos suspeitos instalaram uma bomba caseira numa lata de lixo de metal na área central da província de Yala, disse o comandante da polícia Adul Sangsingkaew.   Entre os feridos na explosão estão dois policiais e um garoto muçulmano, de 4 anos, afirmou Adul, acrescentando que o número de insurgentes suspeitos envolvidos no ataque permanece incerto. Nenhum grupo reclamou a autoria da explosão.   O atentado ocorreu dois dias depois do governo da Tailândia aprovar uma extensão de três meses dos poderes emergenciais naquela agitada região do país.   Os poderes emergenciais, que têm sido impostos na região desde julho de 2005 e são revisados pelo governo a cada três meses, cobrem as províncias de Yala, Pattani e Narathiwat, onde mais de 3 mil pessoas morreram pela violência desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em 2004.

Mais conteúdo sobre:
ATAQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.