Explosão de bomba em estrada deixa 15 civis mortos no Afeganistão

Detonação ocorreu durante a passagem de veículo que levava civis na província de Helmand

Efe

11 de dezembro de 2010 | 07h04

CABUL - Pelo menos sete civis morreram pela explosão de uma bomba enterrada em uma estrada na conflituosa província de Helmand, no sul do Afeganistão, informou uma fonte oficial neste sábado, 11.

O incidente ocorreu na tarde de sexta-feira, 10, em uma zona isolada do distrito de Khanishin, onde o artefato explodiu com a passagem de um veículo no qual viajavam civis, segundo explicou o porta-voz do governador de Helmand, Dawoud Ahmadi.

De acordo com sua versão, a detonação causou a morte de sete ou oito pessoas, incluídos mulheres e crianças.

Já a agência afegã AIP, que citou fontes oficiais não especificadas, elevou o número de vítimas fatais a 15, todas civis.

As minas terrestres e as bombas de fabricação caseira ocultas em estradas são dois dos métodos que costumam ser empregados pelos insurgentes talebans para atacar as tropas internacionais destacas no Afeganistão, embora costumem causar baixas entre a população civil.

Segundo relatório da ONU, 2.412 civis perderam a vida em 2009 no Afeganistão por causa do conflito armado entre os talebans e o Exército afegão e as tropas internacionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.