Explosão de bomba em funeral mata 12 no Paquistão

Um porta-voz do governo paquistanês informou que uma bomba explodiu num funeral no noroeste do Paquistão, matando 12 pessoas. O porta-voz da província Khyber Pakhtunkhwa, Shaukat Yousufzai, disse que a bomba que explodiu na cidade de Mardan nesta terça-feira também feriu 50 pessoas.

Agência Estado

18 Junho 2013 | 10h20

O ataque aconteceu durante as orações do funeral de Abdullah Khan, proprietário de uma estação de gás natural comprimido local.

O policial Tahir Ayub disse que o deputado provincial Imran Khan Mohmand está entre os feridos e que as autoridades investigam se ele era o alvo do ataque, mas há informações de que ele teria morrido.

Imran Khan Mohmand foi eleito nas eleições parlamentares de 11 de maio como um candidato independente e, posteriormente, apoiou o partido do ex-jogador de críquete Imran Khan. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Paquistãobombafuneral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.