TUWAEDANIYA MERINGING/AFP
TUWAEDANIYA MERINGING/AFP

Explosão de bomba em mercado na Tailândia mata ao menos 3 pessoas

Artefato estava escondido em uma moto e, segundo a investigação inicial, foi ativado à distância

O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2018 | 03h16
Atualizado 22 Janeiro 2018 | 08h19

BANGCOC - Ao menos três pessoas morreram nesta segunda-feira, 22, na Tailândia e 18 ficaram feridas após a explosão de uma bomba em um mercado na conflituosa região de maioria malaia e muçulmana no sul do país, informaram fontes oficiais.

+ Tailândia condena a 27 anos responsável pela explosão de bomba em hospital

A bomba estava escondida em uma moto que foi introduzida no mercado Pimonchai de Ialá, capital da província do mesmo nome, e foi detonada no começo da manhã. "Há três mortos e 18 feridos", disse um porta-voz do comando militar do sul do país.

+ Explosão de bomba em hospital de Bangcoc deixa mais de 20 feridos

Imagens da emissora local PBS mostravam pilhas de escombros e toldos caídos em razão da explosão no interior do mercado, que foi isolado pela polícia.

A investigação inicial indica que o artefato foi colocado ao lado de um ponto de venda de carne de porco e ativado à distância. / EFE

Reveja: Preso na Tailândia membro da Yakuza identificado por tatuagens

Mais conteúdo sobre:
terrorismo Tailândia [Ásia] Bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.