Explosão de bomba mata 19 convidados de casamento

Bomba plantada em estrada no norte do Afeganistão atingiu um miniônibus que levava convidados de um casamento e deixou 19 mortos e 16 feridos, afirmaram autoridades nesta sexta-feira. O grupo estava viajando para o distrito de Dawlat Abad, cerca de 450 quilômetros ao noroeste de Cabul. Seis crianças e sete mulheres estão entre os mortos na explosão, afirmou o chefe de polícia do distrito, Bismullah Muslimyar.

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2012 | 09h58

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, condenou o atentado. "Plantar uma mina em uma estrada utilizada por civis e a matança de pessoas inocentes representa hostilidade contra toda a humanidade", afirmou ele em comunicado.

Até agora nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo crime, mas ataques similares são geralmente atribuídos ao Taleban. Bombas caseiras continuam a ser a arma mais perigosa para os civis, responsáveis por 29% das mortes ocorridas entre janeiro e junho, afirmou a ONU em relatório divulgado no início do mês. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoatentadocasamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.