Explosão de bomba no Paquistão causa duas mortes

Cerca de duas pessoas morreram nesta quarta-feira na explosão de duas bombas na cidade de Karachi, no Paquistão, durante uma greve geral convocada por partidos regionais. A paralisação é um protesto contra os excessos policiais durante as recentes manifestações sobre o problema da escassez de água. Além das explosões, quase simultâneas, foram registrados também outros incidentes violentos na cidade. Mais de 30 veículos foram incendiados pelos manifestantes e cerca de 200 pessoas foram presas.Nenhum grupo assumiu a autoria dos atentados, mas a polícia responsabilizou os partidos regionais Muttahida Qami Movement e Jeasy Sindh pelos ataques. A greve paralisou a cidade de Karachi, capital da província de Sindh, no sul do País. O problema da falta de água é motivo constante de intensas manifestações por parte da população.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.