Explosão de bombas faz um morto e fere 44 pessoas em Cabul

Pelo menos uma pessoa morreu e outras 44 ficaram feridas na explosão de duas bombas em Cabul, que atingiram ônibus que transportavam funcionários civis e militares, disseram fontes oficiais. Uma terceira explosão aconteceu na zona leste de Cabul, perto da movimentada avenida Jalalabad, segundo Zahir Azimi, do Ministério da Defesa. Mas o porta-voz do Ministério do Interior, Yousuf Stanizai, informou que era apenas uma mina abandonada, que não provocou vítimas. O porta-voz do Ministério do Interior, Yousuf Stanizai, explicou que a primeira explosão aconteceu por volta das 7h30 (0h30 de Brasília), num ônibus que levava funcionários do Ministério de Comércio para o trabalho, em Khair Khana, ao norte de Cabul. "A explosão matou um funcionário e feriu outros quatro", disse Stanizai. Praticamente na mesma hora, uma bomba colocada dentro de um carro explodiu perto de outro ônibus, que transportava oficiais do Exército na região de Khoi Shir, no centro de Cabul, segundo Stanizai. Um comunicado do Ministério da Defesa acrescentou que 40 militares foram feridos na explosão. Na terça-feira, uma bomba feriu quatro pessoas em Cabul. Foi a primeira explosão em pleno centro da capital afegã em dois anos. Ela atingiu o Ministério da Justiça e deixou os vidros das janelas do prédio estilhaçados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.