Explosão de caminhão-tanque mata 69 na Nigéria

País tem a taxa mais alta de acidentes em rodovias no mundo, bem como o maior número de mortes por cada 10 mil veículos

O Estado de S. Paulo

01 de junho de 2015 | 16h37

ONITSHA, NIGÉRIA - Um caminhão-tanque carregado de combustível explodiu perto de uma estação de ônibus na cidade de Onitsha, sul da Nigéria. Segundo a Cruz Vermelha do país, 12 ônibus foram atingidos com as chamas e 69 pessoas morreram no acidente. Outras 30 pessoas ficaram feridas com graves queimaduras.

O presidente da Cruz Vermelha da Nigéria, Peter Emeka Kathy, disse que o caminhão estava descendo uma ladeira quando os freios falharam e ele se chocou com a estação de ônibus em seguida.

Uma das testemunhas afirmou, em postagem no Facebook, que o fogo se alastrou durante uma hora antes que os bombeiros o controlassem. "Muitos de nós pensávamos inicialmente que não havia vítimas, embora algumas pessoas estivessem com ferimentos graves. No entanto, quando o fogo diminuiu, soubemos que havia um amontoado de cadáveres", disse.

A Nigéria tem a taxa mais alta de acidentes em rodovias no mundo, bem como o maior número de mortes por cada 10 mil veículos, de acordo com o Instituto de Pesquisas Rodoviárias da Nigéria. Um relatório divulgado em 2013 pelo instituto verificou que os buracos foram uma das principais causas de acidentes no país, seguidos pela falta de manutenção de veículos e pelo trânsito caótico nas rodovias causados pela presença de triciclos e carroças. / ASSOCIATED PRESS 

Tudo o que sabemos sobre:
Nigéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.