Reuters
Reuters

Explosão de caminhão-tanque deixa 95 mortos na Nigéria

Veículo tombou na cidade de Okobie, região de Ahoada, após se chocar contra três carros

estadão.com.br,

12 de julho de 2012 | 11h19

Texto atualizado às 19h43

PORT HARCOURT - A explosão de um caminhão-tanque carregado de combustível, no Estado de Rivers, no sul da Nigéria, deixou 95 mortos e pelo menos 18 feridos, de acordo com o comandante de Segurança Rodoviária do estado, Kayode Olagunju, nesta quinta-feira, 12.

Veja também:

link Explosão atinge shopping na capital da Nigéria

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

O caminhão-tanque tombou na cidade de Okobie, na região de Ahoada, após se chocar contra outros três veículos, no início da manhã desta quinta-feira, 12. 

De acordo com informações da polícia, moradores da região se aproximaram do local do acidente para recolher o combustível que caía do caminhão, momento no qual aconteceu a explosão.

"O condutor do caminhão tentava evitar uma colisão frontal com dois veículos que se aproximavam. Perdeu o controle e derramou a carga", explicou Ben Ugwuegbulam, policial de Rivers. "Os moradores tentaram recolher o combustível. O motorista inclusive os advertiu e lhes disse para se afastarem. E, de repente, havia chamas (...) o total de vítimas é de 95 mortos, mas muitos outros recebem tratamento no hospital."

O presidente Goodluck Jonathan emitiu um comunicado ordenando o envio de ajuda aos feridos no acidente.

Com Reuters

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.