Explosão de caminhão-tanque mata 95 na Nigéria

Um caminhão-tanque pegou fogo e explodiu na Nigéria nesta quinta-feira, pouco depois de quebrar, matando pelo menos 95 pessoas que haviam corrido até o local para pegar combustível. Pelo menos 50 pessoas ficaram feridas no incidente no Delta no rio Níger, sul do país, disse o porta-voz do Estado de Rivers, Ibim Semenitari.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2012 | 13h30

Apesar das décadas de produção petrolífera na região, a maioria dos que vivem no delta continua desesperadamente pobre e não tem acesso a cuidados médicos, educação ou trabalho. A raiva por causa desta situação fez com que, em várias ocasiões, jovens atacassem empresas de petróleo estrangeiras instaladas no local e roubassem combustível dos oleodutos.

Yushau Shuaib, porta-voz da agência de emergências do país, disse que 95 pessoas morreram na explosão ao correrem para o caminhão com o objetivo de pegar combustível.

O acidente com o caminhão aconteceu perto da cidade de Okogbe, no Delta do Níger, região de pântanos, manguezais e riachos. A causa da quebra do veículo ainda é desconhecida, embora acidentes sejam comuns na Nigéria, onde estradas não recebem manutenção e os motoristas dificilmente obedecem às leis de tráfego. A corrupção geralmente atrasa ou dificulta os projetos de manutenção rodoviária no país.

O ativista do meio ambiente Nnimm Bassey responsabilizou as estradas ruins pelo acidente. "O acontecimento nos conta uma trágica história sobre o estado da infraestrutura nacional e a pobreza do povo." As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.