Explosão de carro bomba deixa quatro mortos no Iraque

Um carro estacionado explodiu próximo a um distrito residencial de Kirkuk neste sábado, matando quatro pessoas e ferindo 13. Além da explosão, três fuzileiros americanos morreram em ação no oeste do Iraque.A bomba explodiu na madrugada deste sábado no distrito de al-Wasiti, a 290 quilômetros ao norte de Bagdá. Este é quinto carro bomba neste mês em Kirkuk, onde as tensões estão aumentando entre árabes, curdos e turcomanos pelo controlo de vastas áreas ricas em óleo. Também neste sábado, o comandante regional do oeste, Brigadeiro Jawad Hadi al-Selawi, foi morto em Karbala, a 80 quilômetros de Bagdá, disse a polícia.A violência aumentou no Iraque nos últimos meses, levando milhares de sunitas e xiitas a fugirem.ViolênciaAtiradores em dois carros abriram fogo à mesquisa de Muhammad Rassulluallah neste sábado, quebrando janelas e danificando paredes, revelou a polícia. Um guarda saiu ferido. Os fuzileiros americanos morreram na quinta-feira em Anbar, província no oeste foco da insurgência sunita.Uma declaração dos Estados Unidos disse apenas que eles operavam em Ramadi. Com essas mortes, sobe para 2.573 o número de soldados mortos dos Estados Unidos mortos desde o início da guerra no Iraque, em março de 2003. Um plano americano deve convocar 5 mil soldados para tropas adicionais na capital. Alguns críticos acreditam que a medida pode minar a confiança entre as forças iraquianas e expor ainda mais os soldados aos ataques de insurgentes sunitas e milícias xiitas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.