Explosão de carro-bomba deixa várias vítimas no centro da Síria

Ativistas Comitês de Coordenação Local assinalaram em comunicado que foram encontrados os corpos de sete pessoas

EFE

14 de julho de 2012 | 06h21

Um carro-bomba explodiu na madrugada deste sábado, 14, junto a um quartel militar na cidade de Mahrada, no reduto opositor de Hama, no centro da Síria. O atentado causou a morte de várias vítimas, segundo informações de grupos opositores.

Em comunicado, ativistas Comitês de Coordenação Local assinalaram que foram encontrados os corpos de sete pessoas pela explosão em uma zona da Segurança Militar. Já o Observatório Sírio de Direitos Humanos, por sua vez, afirmou que o carro-bomba explodiu junto a um quartel e informou que as vítimas seriam, no mínimo, quatro pessoas.

 

Veja também:

link Brasil eleva o tom contra Assad e condena massacre em Tremseh

link Hillary diz que relatos sobre Síria indicam assassinato deliberado

 

Segundo informações dos comitês, os bombardeios das forças sírias nas cidades de Hama, Homs e Jirbet Gazaleh fizeram, pelo menos, 22 vítimas fatais neste sábado na Síria. Além disso, forças do regime de Assad e os rebeldes na província de Aleppo, no norte do país, continuam os combates, segundo o Observatório.

Neste sábado, observadores da ONU partiram rumo à cidade de Tremseh, na província de Hama, após o massacre que na quinta-feira deixou mais de 200 mortos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.