Explosão de carro-bomba diante do palácio presidencial deixa 10 mortos

Um carro-bomba explodiu ontem diante do palácio presidencial da capital da Somália, Mogadíscio, matando pelo menos 10 pessoas. Segundo fontes policiais , o alvo da ação eram autoridades do primeiro escalão - embora nenhuma tenha sido atingida. Um "funcionário de alto escalão das forças de segurança" não identificado teve seu carro parcialmente destruído.

O Estado de S.Paulo

19 de março de 2013 | 02h04

O militante suicida detonou os explosivos em uma avenida entre o palácio e o teatro nacional. A maioria das pessoas que morreram era civil e estava a bordo de um micro-ônibus estacionado entre o veículo que carregava os explosivos e o palácio presidencial, segundo informações fornecidas pelas autoridades de Mogadíscio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.