REUTERS/Ahmed Saad
REUTERS/Ahmed Saad

Explosão de carro-bomba em Bagdá deixa pelo menos 6 mortos

Veículo foi detonado em um mercado de frutas e verduras no norte da capital iraquiana; número de vítimas pode aumentar em razão da gravidade do estado de saúde de alguns dos feridos

O Estado de S. Paulo

12 Julho 2016 | 09h46

BAGDÁ - Pelo menos seis pessoas morreram nesta terça-feira, 12, por conta da explosão de um carro-bomba em um mercado de frutas e verduras situado no norte de Bagdá, informou uma fonte da polícia do Iraque. O veículo explodiu no início da manhã no mercado Elua Huseiniya, localizado na região de Rashediya, no norte da capital.

A fonte não descartou a possibilidade de que aumente o número de mortos em razão da gravidade dos feridos. Além disso, a explosão causou danos materiais aos veículos e lojas da região.

As forças de segurança cercaram o mercado para facilitar o transporte dos feridos para os hospitais e dos corpos para o Instituto Médico Legal.

Bagdá vive em um estado de alerta devido ao atentado terrorista reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no último dia 3, no bairro de maioria xiita de Karrada, matando pelo menos 292 pessoas.

Após esse atentado suicida, cometido com um carro-bomba, aumentaram os sinais de raiva e indignação contra os governantes iraquianos por não terem evitado um novo ataque contra um bairro de maioria xiita de Bagdá, sendo este o mais mortífero no Iraque em anos. / EFE

Mais conteúdo sobre:
IraqueEstado IslâmicoBagdá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.