Explosão de carro-bomba fere pelo menos seis em Bogotá

Presidente colombiano foi ao local e disse se tratar de um ato terrorista.

BBC Brasil, BBC

12 de agosto de 2010 | 10h09

Uma explosão de um carro-bomba em frente a uma rádio em Bogotá, na Colômbia, deixou pelo menos seis feridos nesta quinta-feira.

A explosão aconteceu às 5h30 entre a avenida Séptima e a rua 67, no norte de Bogotá, em frente à rádio Caracol.

O diretor da polícia, Orlando Paez, disse que pelo menos 50 quilogramas de explosivos foram colocados no veículo.

Segundo declarações do diretor da Polícia Metropolitana, César Augusto Pinzón, à própria rádio Caracol, não se sabe se o alvo do carro-bomba era a estação de rádio ou outros bancos nas redondezas.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, que assumiu o poder no final de semana passado, disse que se trata de um "ato terrorista". Ele foi imediatamente ao local ao saber da explosão.

"Nós vamos continuar combatendo o terrorismo com tudo que temos", afirmou Santos.

A explosão destruiu muitas janelas de prédios ao redor. Os destroços do carro ficaram espalhados pela rua.

Até o momento, não houve registros de ferimentos graves. Segundo relatos de testemunhas à rádio Caracol, duas mulheres que trabalhavam em um salão de beleza nas proximidades foram levadas a um hospital, com ferimentos leves.

Bogotá não tem registros de atentados desde janeiro do ano passado.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
BogotáColômbiarádioCaracol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.